Bloqueio botao direito mouse

segunda-feira, 5 de junho de 2017

HERMÈS INAUGURA NOVA LOJA EM SÃO PAULO



A mais nova loja da Hermès no País - a segunda na capital paulista, abriu suas portas oficialmente neste domingo (04/05). 

Ocupando um quarteirão inteiro do Iguatemi São Paulo, distribuída em 185m², a boutique é a única stand alone do shopping, embelezando quatro corredores com uma arquitetura da década de 1950. 

Para celebrar a abertura do novo espaço (que tem projeto assinado por Denis Montel, do prestigiado escritório de arquitetura francês RDAI), a Maison convidou o artista plástico Zaven Paré para criar uma vitrine tão extraordinária quanto seu interior. 

Uma enorme estrutura esférica, coberta por 180 radiosos braços amarelos que se movem - faz alusão ao sol e às mãos cuidadosas dos artesãos da Hermès. 

A boutique oferece todas as linhas de acessórios em couro, ready to wear, selaria, joalheria, relógios, seda e perfumaria da icônica grife.  

Fonte: Vogue Brasil

terça-feira, 30 de maio de 2017

“SWEPTAIL” O ROLL-ROYCE MAIS EXCLUSIVO E CARO DO MUNDO




Na Europa, um milionário desconhecido encomendou um Rolls-Royce único e exclusivo. 

O modelo, batizado de Sweptail, foi revelado durante o concurso italiano Villa d’Este e, segundo algumas publicações, custou nada menos que US$12,8 milhões  – cerca de R$ 43 milhões na conversão direta. 

Quando fez a encomenda, em 2013, o afortunado anônimo só fez uma exigência: reinterpretar o estilo de modelos da década de 1920, que remetiam às formas dos barcos de alta performance da época. 

O resultado foi um gigantesco sedã de apenas dois lugares com uma traseira que parece afunilar, como no Phantom I Round Door, de 1925, e no Phantom II Streamline Saloon da Park Ward. O vidro toma toda a parte superior do carro e se estreita da dianteira para a traseira. 

A dianteira não reserva grandes surpresas, com uma releitura do visual presente nos demais Rolls-Royce vendidos atualmente. Atrás, o estilo retrata o gosto do cliente. Um enigmático “08” estampado no centro levanta as suspeitas sobre quem seria o proprietário do Sweptail. 

O painel não teve imagens reveladas, embora a marca garanta que este é o interior mais elegante e minimalista já feito por ela. O habitáculo é repleto de couros nobres, metais como titânio e madeiras de alta qualidade aplicadas com a técnica de marchetaria (encaixes perfeitos, sem cola ou parafusos). 

O console central traz um compartimento refrigerado para uma garrafa de champagne acompanhada de duas taças de cristal. Há também um conjunto exclusivo de malas feitos sob medida pela própria Rolls-Royce. 

Possíveis mudanças mecânicas não foram reveladas. No entanto, a base para o Sweptail é o Phantom, equipado com um V12 6.75 de 460 cv. 

Assista o Vídeo:

  

Fonte: Quatro Rodas

quinta-feira, 25 de maio de 2017

DIAMANTE EM FORMA DE CORAÇÃO BATE RECORDE EM LEILÃO


O maior diamante “perfeito” lapidado no formato de coração já levado a leilão foi vendido em Genebra, pelo valor total de US$ 14,99 milhões, um “recorde mundial” – anunciou a casa Christie’s. 

Esse cobiçado lote da tradicional venda de maio de joias de luxo da Christie’s inclui um colar de pérolas cultivadas com o diamante de 92 quilates. 

Esse diamante branco (cor D, o melhor grau possível para um diamante), sem qualquer impureza, chamado de “La Légende” (A Lenda), estava avaliado em entre US$ 14 milhões e US$ 20 milhões. 

O recorde anterior era de 2011. Um diamante de 56,15 quilates foi vendido por US$ 10,9 milhões.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

CARTIER REINVENTA COLEÇÃO PANTHÈRE



A Cartier vai relançar esta noite com direito a uma mega festa em Los Angeles um ícone dos anos 80 – O relógio "Panthère". 

Em dois tamanhos, pequeno, com 22 milímetros de diâmetro, e médio, com 27 milímetros. O relógio, com a elegância a que a marca já habituou os clientes, tem a pulseira com uma configuração em forma de tijolo, um
visor quadrado e movimento quartz. 

Os tons variam entre o aço inox, ouro amarelo, rosé, branco sendo que alguns com diamantes. Um dos modelos distingue-se dos restantes por imitar as manchas tradicionais  das panteras. 

O modelo desembarca em Junho no Brasil.

terça-feira, 25 de abril de 2017

LVMH PRETENDE COMPRAR RESTANTE DA CHRISTIAN DIOR COUTURE


PARIS - O grupo LVMH líder do setor de luxo, anunciou que pretende integrar por completo a holding Christian Dior a seu portfólio de grifes. 

A operação – avaliada em € 12,1 bilhões – faz parte da estratégia do conglomerado de fortalecer sua divisão de moda e couro. 

A família do bilionário francês Bernard Arnault vai pagar € 6,5 bilhões pela marca Christian Dior Couture da holding Christian Dior. 

Além disso, a família — que detém 47% do grupo LVMH — vai comprar os 25,9% da Christian Dor que hoje estão nas mãos de outros investidores, ao preço de € 260, o que representa uma valorização de 15% em relação ao preço de fechamento dos papéis desta segunda-feira. 

“Esta é uma boa aquisição para o LVMH na nossa avaliação diante da marca forte da Christian Dior, um bom uso do balanço e reúne a marca com a operação mais rentável de perfumes que é operada pelo LVMH”, afirmaram, em nota, analistas do Barclays. 

A transação, que ocorre em meio à uma reação da indústria de luxo chinesa, simplifica uma complicada estrutura proprietária e coroa a carreira de um dos maiores consolidadores dessa indústria. 

Arnault, com uma riqueza de US$ 46,3 bilhões, assumiu o controle das marcas Dior e Louis Vuitton nos anos 80 e desde então vem acrescentando outras marcas em seu portfólio, Kenzo, Sephora, Fendi, Bulgari e Rimowa.

sexta-feira, 21 de abril de 2017

NOVA COLEÇÃO DA LOUIS VUITTON BY JEFF KOONS



Dia 28 de abril estará chegando às lojas a nova coleção "Masters" da Louis Vuitton, assinada pelo nova-iorquino Jeff Koons, um dos nomes mais conhecidos na arte contemporânea. 

Famoso por suas esculturas gigantes, o artista buscou inspiração nos grandes mestres da pintura para desenvolver a coleção da maison. 

O resultado foi uma série de bolsas, mochilas e acessórios de couro, que trazem pinturas de Da Vinci, Van Gogh, Fragonard, Titian e Rubens estampadas nas peças. 

Os nomes dos pintores também foram incluídos, assim como o monograma da Louis Vuitton e de Jeff Koons  metalizado em dourado. 

Outro detalhe que foi incorporado à coleção é a tag da bolsa, que ganhou o formato do "Rabbit", escultura em forma de coelho. 

Assista o vídeo promocional 

sexta-feira, 7 de abril de 2017

"ROLEX REFERENCE 6062" PODE SE TORNAR O RELÓGIO MAIS CARO DA MARCA


Um modelo Rolex incrivelmente raro, vai ser leiloado pela Phillips no próximo mês de maio. 

O relógio ficou conhecido como “Bao Dai” por ter sido vendido ao último imperador da dinastia Nguyen do Vietname, em 1954. 

Trata-se de um “Rolex reference 6062”, era o modelo mais caro e raro vendido pela marca. 

A caixa de ouro e o mostrador preto são a mais rara combinação desta peça incrível. 

Esta obra-prima da relojoaria ostenta um calendário triplo com as fases da lua e é um de apenas três modelos que se sabe terem existido com marcadores em diamante. 

Dos três, o Bao Dai, é o único exemplar que ostenta marcadores de diamante nas horas pares, o que torna esta peça verdadeiramente única. 

Tudo isto é ainda reforçado pela sua proveniência imperial. 

Nguyễn Phúc Vĩnh Thụy foi o décimo terceiro e último imperador da Dinastia Nguyễn, e quando subiu ao trono em 1925, foi lhe foi concedido o título de Bao Dai – Guardião da Grandeza. 

O próprio Bao Dai terá comprado o relógio em Genebra, em 1954, quando participou da histórica Conferência de Genebra. 

De acordo com o Hodinkee, o relógio apareceu pela primeira vez no mercado em 2002, quando foi vendido em leilão pela própria família Nguyen por US$ 235,000. 

Embora o preço possa parecer baixo pelos padrões de hoje, o Bao Dai reclamou o título do Rolex o mais caro alguma vez vendido. 

Os especialistas pensam que irá reivindicar o título novamente. 

A estimativa de venda é de US$ 1,5 milhões, embora muitos colecionadores acreditem que o relógio irá render muito mais. 

O atual detentor do recorde é o “Rolex split-seconds chronograph reference 4113”, vendido por US$ 2,5 milhões, no ano passado. 

Para além do mítico Bao Dai, o leilão da Phillips vai contar com outros relógios vintage da marca de luxo.