Bloqueio botao direito mouse

domingo, 28 de fevereiro de 2010

LOUIS VUITTON ARTSY MONOGRAM


Sob a direção criativa de Marc Jacobs, a Louis Vuitton lançou sua Coleção Primavera/Verão 2010

A bolsa Artsy Monogram da grife segue a tendência mostrada nas passarelas de Paris, em que acessórios mais exagerados e volumosos vão ter um papel importante na hora de compor o visual.

É a reinvenção do padrão Monogram, em uma bolsa maleável, com linhas que se moldam ao corpo. Com elegância incomparável e sofisticação, esta bolsa se caracteriza pela alça artesanal em couro trançado, que denota todo o requinte da manufatura elaborada ali aplicada.

A campanha é marcada por artigos ecologicamente corretos, que aliam o respeito com meio ambiente, ao modo de vida urbano e sofisticado.

Pensando nisso, a modelo Lara Stone foi clicada sobre um gramado, cercada de pombos brancos, representando a interação com a natureza.

A Artsy Monogram está disponível em dois tamanhos:
“MM”(código M40249)
“GM” (código M40259).
Preço no Brasil:
R$ 3.480,00 MM,
R$ 4.060,00 GM.

*Veja o making of da campanha da Coleção Primavera/Verão 2010 da Louis Vuitton, entrevista exclusiva com Marc Jacobs e takes da modelo Lara Stone

video

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

ESMERALDA, A PEDRA DO AMOR


Pedra preciosíssima, a esmeralda está desde sempre ligada aos sentimentos mais íntimos e nobres da Humanidade - o Amor, a Paz e a Amizade.

Gema importante, desde a Antiguidade, foi escolhida pelo Profeta Moisés como uma das 12 pedras preciosas que simbolizavam, no peitoral de Aaron - em ouro maciço e cravejado de pedras preciosas, cada uma das tribos de Israel.

Cleópatra elegeu também a esmeralda, usada em Roma como pedra do amor nos grandiosos festejos da deusa Vénus, enfeitando-se com as belíssimas esmeraldas extraídas das famosas Minas do Alto Egipto, hoje já esgotadas.

Também na Europa, na Idade Média, a esmeralda esteve ligada aos mais poderosos, sendo por vezes um símbolo do poder como é exemplo o excepcional anel de esmeraldas de Henrique II da Irlanda que o distinguia como soberano.

Os poderes curativos e a magia da cor da esmeralda tornam-na, sem dúvida, uma das pedras preciosas mais femininas e belas do mundo, que vale por si só uma visita ao British Museum of Natural History, em Londres, ou ao American Museum of Natural History, em Nova Iorque, onde se encontram algumas das mais belas esmeraldas do mundo.

Veja que interessante o vídeo:
video

LEILÃO COCO CHANEL


A peça de maior destaque é um vestido que deve ser vendido por cerca de R$ 24 milhões

Um conjunto de 600 peças de roupa e acessórios da marca Chanel, com alguns modelos criados nos anos 20 do século passado por Mademoiselle Coco, fundadora da firma, começou a ser leiloado nesta quinta-feira (25).

A casa Millon Cornette de Saint Cyr pretende concluir amanhã a venda de vestidos, joias, bolsas e sapatos Chanel procedentes de diversas coleções particulares, cujos proprietários querem manter o anonimato.

A peça de maior destaque do conjunto é um vestido em "crêpe georgette" cor marfim, bordado com pérolas nacaradas e desenhado em 1923 por Coco Chanel. O valor estimado para sua venda é de cerca de 10 milhões euros (R$ 24,9 milhões).

Trata-se de uma coleção para os amantes de roupas vintage, de alta costura e prêt-à-porter de luxo das últimas três décadas. Há nela trajes e joias dos anos 80 e 90, além de vestidos de 1920 e 1930 de Gabrielle Chanel.

O leilão conta com algumas itens acessíveis ao grande público, com preços iniciais inferiores a 100 euros (R$ 249,5). Para a expert em moda Françoise Sternbach, as peças que estão à venda são todas muito atuais.

“Todos os vestidos dos anos 80, 90 e 2000 podem ser usados, ao contrário dos antigos, muito frágeis e que poderiam, no entanto, despertar o interesse de museus e fundações”.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

XII FESTIVAL DEL HABANO


A julgar pelos progressos oficiais, o XII Festival do Habano terá todo o glamur e o impacto de novos produtos necessários para considerar hoje esta reunião como a líder em charutos Premium.

A principal sensação do encontro que iniciou na segunda-feira, está em uma linha nova da marca de havanos Cohiba, com o nome aborigen de Behike, quando em 2006 este apelativo acompanhou a uns caros e elitistas cigarros, em caixas numeradas e vendidas por única ocasião nesse ano a altos preços.

No entanto, desde o princípio, esta reunião está vinculada à cultura mundial e nesta edição, de 22 a 26 de fevereiro no Palácio das Convenções de Havana e em outros centros de destaque da cidade, a presença de músicos renomeados outorga o toque de distinção.

A festa, segundo dados preliminares da corporação internacional Habanos S.A., traz ao encontro cerca de mil amantes dos charutos vindos de 70 nações que terão a oportunidade de provar novidades como o Behike, quando além de Cohiba a outra marca de homenagem é Romeo e Julieta.

O Bahike e sua confecção constitui um segredo muito bem guardado e será o rei para o jantar de gala e encerramento onde também se entregarão o Prêmio Habano do Ano, destinados aos promotores deste produto no mundo, do ponto de vista de Comunicações, Negócios e Produção.

Como novidade de Romeo e Julieta, os participantes terão o Wide Churchills, de cepo ou diâmetro grosso que permite o fumar em todo momento, um reclamo muito solicitado no mundo dos fumantes.

E a abertura no Grande Teatro de Havana, onde tem sua sede o Ballet Nacional de Cuba, terá como complemento ideal um concerto do pianista Chucho Valdés, que já obteve em várias ocasiões um prêmio Granmy.

Seus convidados a este momento cultural são de bom realce, como a cantora de ópera Sarah Brightman, o campeão do Circuito Europeu de Golf e da Ryder Cup, há pouco ganhador do Open de Dubai 2010, Miguel Ángel Jiménez, e o produtor ganhador do Oscar Stephen Evans.

Completam a lista, a atriz Mia Maestro, além do também premiado com o Grammy latino deste ano, o brasileiro Ivan Lins.

Outra das novidades em destaque é o Maridaje de Habanos e Tequila, uma degustação que espera talvez de ambos os produtos, e que já teve seus antecedentes em contatos entre o fumo cubano e o Armañac.

Entre o programa paralelo, estará a projeção do filme britânico Cosi, produzido pelo ganhador do Oscar Stephen Evans, previsto também para estar presente ao Festival, filme este dirigido por Christopher Menaul, e protagonizada por Brightman e os atores Richard E. Grant e Mia Maestro.

Os organizadores recordaram que neste momento comercializam uma caixa de 27 marcas de habanos, com destaque de Cohiba, Montecristo, Romeo e Julieta, Partagás, Buraco de Monterrey, H. Upmann, Punch, San Cristóbal de Havana, e Trinidad, entre outras.

O habano é considerado pelos experientes como o melhor charuto Premium, feito a mão, do mundo pelo triplo favor do clima, solo e experiência dos produtores.

www.festivaldelhabano.com

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

LIQUEUR CHAMBORD BY DONALD EDGE


A fabricação do Chambord foi inspirada em um liqueur único, feito de framboesas, produzido no Vale do Loire na França, durante o final do século XVII. Diz-se que o liqueur foi apresentado ao Rei Luis XIV durante uma de suas visitas ao Château de Chambord, durante seu reinado. Era comum naquela época consumir conhaques e licores durante as refeições mais refinadas.

Para comemorar a estréia da temporada da peça teatral Breakfast at Tiffany’s, a fabricante Chambord fez uma parceria com Donald Edge, renomado designer de jóias londrino, para criar uma luxuosa garrafa, toda feita à mão e adornada com ouro maciço, diamantes e pérolas rosa.

O resultado é uma garrafa avaliada em dois milhões de dólares, que conta com 1100 brilhantes, além de diamantes em corte pêra e princesa. Um enorme diamante em corte esmeralda parece fechar a cinta em ouro que abraça este magnífico recipiente. Para finalizar, a base da garrafa recebeu dezenas de pérolas rosa. Todas as pedras estão delicadamente incrustadas em ouro 18 quilates. Ela foi revelada ao mundo em uma cerimônia especial, durante a Semana de Moda de Londres, no final de 2009.

Em 2009, o Liqueur Chambord by Donald Edge entrou para o Guinness, o Livro de Recordes Mundiais, como a bebida alcoólica mais cara do mundo.

Por serem tão exclusivas, as garrafas serão apenas comercializadas sob encomenda, através do site especialmente criado para esta verdadeira obra-prima.
Preço: US$ 2 milhões

visite o site e veja o vídeo:
www.chambordbydonaldedge.com

video

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

ATHINA ONASSIS VENDE COBERTURA EM SÃO PAULO



Considerada até agora a maior transação imobiliária residencial do ano no país, a bilionária Athina Onassis vendeu seu apartamento, uma cobertura na Vila Nova Conceição, por R$ 35 milhões, atualmente cerca de US$ 20 milhões.

O imóvel possui 1.600 metros quadrados e foi decorado por João Armentano.

Athina Onassis havia comprado quando se casou com o cavaleiro brasileiro Álvaro Affonso de Miranda Neto (Doda), em 2005.

O atual proprietário é um empresário da área de seguros de São Paulo e adquiriu o apartamento mobiliado.





BRIEFCASE MAIS CARAS DO MUNDO


Com uma criatividade enorme o engenheiro e designer industrial Beau Reid criou um novo conceito em pastas executivas de fibra de carbono para coincidir com a especificação do seu veículo – “Sua pasta deve refletir a personalidade do seu carro.”

Isso tudo está acontecendo em sua empresa chamada Dynamic Innovations, onde cada pasta personalizada é feita para combinar com a marca, com a pintura e interior do automóvel do cliente


Usando couro da mais alta qualidade e tintas para combinar com seu carro, a Dynamic Innovations criará para você a pasta mais sofisticada e exclusiva do mundo.

Valor em torno de US$15,000 por modelo.


http://www.bornrich.org/entry/dynamic-innovations-creates-the-most-expensive-briefcase-ever/

MARKETING DIGITAL


Marketing Digital - são ações de comunicação que as empresas podem se utilizar por meio da Internet e da telefonia celular e outros meios digitais para divulgar e comercializar seus produtos, conquistar novos clientes e melhorar a sua rede de relacionamentos.

O desenvolvimento empresarial está mudando rapidamente e levando as empresas a se adaptarem a um modelo relacional nas suas estratégias de marketing, sendo que aí entra a internet como o grande instrumento de comunicação. O seu potencial não é só a comunicação e informação, mas funciona cada vez mais como um instrumento de venda.

Enumeram-se algumas vantagens da utilização da internet na estratégia de marketing:


1. Permite uma maior acessibilidade – comunicação 24h/dia, 7dias/semana, 365dias/ano;


2. Melhora e possibilita a personalização na individualização das mensagens;


3. Cria uma enorme interatividade com os seus clientes e os que são potenciais. Isto, porque o receptor/cliente pode selecionar a informação e comunicar como melhor entender com o emissor/empresa;


4. Permite quantificar, avaliar de imediato e de forma viável o impacto da estratégia de comunicação com o mercado;


5. O baixo custo associado a essa comunicação que se vai multiplicando uma vez que o número de utilizadores vai aumentando.


Com tudo o que está descrito, muitas vezes as suas potencialidades não são totalmente aproveitadas, sobretudo quando estamos a falar na interação com os consumidores. Sumariamente, expõem-se alguns conceitos básicos e ferramentas que o web marketing disponibiliza:

Web site - onde dinamizamos a estratégia de e-marketing da empresa:


1- Site institucional: para apresentação da empresa e mostruário dos seus produtos ou serviços;


2 - Site comercial: venda direta dos produtos da empresa;


3 - Sicrosite: Web site mais pequeno que serve de suporte à comunicação que se pretende transmitir.


E-mail - caixa de correio eletrónico. Funciona como verdadeira carta eletrónica e é um instrumento de comunicação direta que se envia a um ou vários destinatários.

Banner - área de imagem para atrair um visitante a determinado site. Importante para ajudar a definir os alvos da comunicação.

Motores de busca - site de pesquisa de informação na internet através de palavras-chave. Ajudam a publicitar e a comunicar.

Para uma empresa implementar o marketing na internet, necessita antes de tudo de identificar o público-alvo, isto é, os alvos da comunicação serem utilizadores da internet.

A estratégia de marketing na internet deve estar em consonância com a estratégia de marketing definida na empresa, isto é: com o seu posicionamento, com os seus segmentos-alvo e coerência com ações de comunicação que a empresa efetua.

Como objectivos, deve criar um canal de vendas, dar a conhecer a empresa e produtos, potenciar a sua imagem e notoriedade, criar valor acrescentado aos seus clientes e no caso de pretender internacionalizar-se, deve ter uma forte presença na Web alargando a sua área de influência no negócio.

Deve também definir as ações que pretende realizar on-line, definir a forma de atualização dos conteúdos do site e ter aplicações que possam medir a sua performance on-line.

*Fonte pesquisada

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

ETIQUETA SOCIAL E PROFISSIONAL


A Etiqueta Moderna, adaptada ao século XXI, nada tem de parecida com a antiga, de regras rígidas de comportamento. Hoje, a palavra refere-se muito mais à qualidade do relacionamento entre as pessoas.

Na prática, funciona como um código de comportamento globalizado.
*Atualmente, com toda a evolução tecnológica ao nosso alcance, a comunicação nunca foi tão fácil: povos de diferentes culturas, profissões, idades e interesses, interagindo com muito mais dinâmica e eficiência.

No entanto, toda essa facilidade de comunicação sem precisar sair da sala causou um efeito contrário na comunicação “pessoal”, ao vivo: quando precisam participar de reuniões, eventos de negócios, um simples encontro, as pessoas literalmente “perderam a prática” de como se faz.


A arte do convívio era dominada pela geração antiga, justamente pelo fato de que, na falta da tecnologia atual, as pessoas acabavam se interagindo com mais freqüência. E sabiam conversar, coisa que hoje, por incrível que pareça, pode não ser tão fácil para as novas gerações.


Por isso, temos a Etiqueta Moderna como parâmetro: ela funciona como uma linguagem comum a todos. É um conjunto de normas, identificáveis, que facilitam e permitem uma comunicação mais fácil, segura e eficiente.
Principalmente se a comunicação for via Internet - “Netiqueta”, podemos chamar assim, já é uma realidade.

A Etiqueta ao contrário do que se imagina, não é um conjunto de normas rígidas e sem sentido.


Ela tem como objetivo, ordenar uma conduta ,baseado-se em princípios como:

- Bom senso

- Naturalidade

- Afetividade


Bom senso – é um conceito usado na argumentação que é estritamente ligado às noções de Sabedoria e de Razoabilidade, e que define a capacidade média que uma pessoa possui, ou deveria possuir, de adequar regras e costumes à determinadas realidades, e assim poder fazer bons julgamentos e escolhas. Pode, assim, ser definido como a forma de "filosofar" espontânea do homem comum, também chamada de "filosofia de vida", que supõe certa capacidade de organização e independência de quem analisa a experiência de vida cotidiana.


Naturalidade – se a situação for muito nova ou desconhecida, se algo lhe parecer fora de contexto, trazendo com isso uma certa insegurança, não hesite em perguntar, tirar dúvidas com pessoas em quem você confia e tem afinidade, ninguém é obrigado a conhecer tudo sobre todas as coisas o tempo todo.


Afetividade – A afetividade é um componente básico do conhecimento e está intimamente ligado ao sensorial e ao intuitivo.
É preciso incorporar a atenção ao bem estar das outras pessoas. Desta forma não há como errar. No sentido de perceber se a outra pessoa está confortável, sendo bem atendida. O homem contemporâneo, pela relação tão forte com os meios de comunicação e pela solidão da cidade grande, é muito sensível às formas de comunicação que enfatizam os apelos emocionais e afetivos mais do que os racionais. Esse tipo de gentileza em um mundo onde a pressa e eficiência dominam a cena, pode fazer uma grande diferença.

Deste modo não há como falhar?

As chances diminuem sensivelmente. É claro que algumas situações pedem um comportamento mais específico, e há momentos em que faz-se necessário prestar mais atenção, estar mais alerta para não cometer erros ou uma gafe.


Qual a utilidade prática da etiqueta?
Hoje ela é o diferencial em qualquer ambiente, tanto no social como no profissional.

No plano social - alguém que cultive qualidades como cortesia, atenção e percepção torna-se muito mais atraente para a arte da boa convivência e do relacionamento.


No plano profissional - não basta ser expert em determinada área, requisito básico, esperado de qualquer profissional. O que vai diferenciar dois profissionais da mesma área será justamente a qualidade de transitar, se postar com elegância em qualquer ambiente, saber relacionar com pessoas independente da hierarquia, dominando os diferentes códigos culturais, atravessando fronteiras, facilitando assim a sua comunicação e os objetivos a serem alcançados.


*Fonte pesquisada e aprimorada

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

NOVA ADMINISTRAÇÃO - VILLA DASLU


Clique na imagem para ve-la em destaque ou acesse o site:
www.daslu.com.br

LAMBORGHINI ALCANÇA MARCO HISTÓRICO


A Lamborghini comemorou no final de semana a produção do 4.000º Murciélago em sua linha de montagem de Sant’Agata Bolognese, na Itália.

A unidade em questão trata-se de um LP 670-4 SuperVeloce e será destinada a um cliente na China.


Apenas como comparação, o Diablo, esportivo antecessor do Murciélago na linha da empresa, contou com 2.900 unidades produzidas em mais de 11 anos de produção.


Para Stephan Winkelmann, presidente e CEO da companhia, “o feito confirma que a estratégia da empresa e a gama de modelos formam uma combinação vencedora, produzindo superesportivos muito desejáveis”.


No Brasil, o Murciélago será oferecido até o fim do ano com representação oficial da fabricante no país, no valor que deverá girar em torno de R$ 2,5 milhões.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

JÓIAS BVLGARI DE CHOCOLATE


Para aqueles que não abrem mão do luxo e da sofisticação, a Bvlgari apresenta uma coleção de bombons artesanais, com desenhos clássicos, inspirados na sua famosa grife, criados pelo mestre chocolateiro Miura Naoki da própria oficina Bvlgari.

São verdadeiras jóias embaladas em caixinhas pretas especiais.


Fazem parte de um leque de produtos diversificados, que incluem hotéis e resorts.


Para mais informações entre em contato + 39 02 8058051
milano@bulgarihotels.com


video

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

MEGAN FOX IN EMPÓRIO ARMANI


Eleita a mulher mais sexy do mundo de 2009 pela revista internacional FHM e por mim é claro, já está brilhando nas campanhas da Empório Armani Underwear/Jeans 2010.

O dono da marca, Giorgio Armani, aprovou a nova garota propaganda: 'Megan é jovem, sexy e tem muita personalidade. A Emporio Armani Underwear e Armani Jeans tem tudo a ver com essa atitude jovem, o que fez dela uma escolha perfeita para a coleção', declarou ao tablóide inglês 'The Sun'.


Veja o clip...Simplesmente Linda.

video

EDIÇÃO LIMITADA MAHATMA GANDHI - MONTBLANC


Uma homenagem ao Embaixador da não-violência e Líder da Independência da Índia

Com a Edição Limitada Mahatma Gandhi a Montblanc homenageia o lendário ativista indiano, que defendia a não-violência, a paz e a unidade em favor de uma nação indiana independente. Gandhi foi assassinado em 30 de janeiro de 1948 e, logo após seu falecimento, Lord Mountbatten, o último vice-rei britânico da Índia, exaltou a influência do ativista, igualando-o a Buda e a Jesus Cristo. George Marshall, Secretário de Estado dos Estados Unidos, descreveu Gandhi como “portavoz da consciência de toda a humanidade”.


Dois ilustres instrumentos de escrita - Edição Limitada Mahatma Gandhi 241 e Edição Mahatma Gandhi Memorial 3000 - foram criadas para reverenciar a sabedoria, a visão e a energia sem limites de Mahatma Gandhi por sua brava luta para libertar seu povo.


Grande Alma


Assim como o autor americano Mark Twain observou, a Índia é um “país com cem nações e cem línguas, com mil religiões e dois milhões de deuses”. Gandhi, entretanto, unificou os 350 milhões de indianos de então, resistindo à dominação britânica “não com armas, mas com amor e forte resistência”. Batizado como "O Intocável", ele se recusou a visitar os templos que eram proibidos para ele, ficando conhecido como “Mahatma” - “de grande alma” e “um venerado”. Após a II Guerra Mundial, a dominação da Grã-Bretanha se tornou insustentável e, em 14 de agosto de 1947, a independência da Índia e do Paquistão foi declarada.


As Edições Limitadas Mahatma Gandhi engenhosamente recontam a história das três décadas de luta pacífica que o ativista travou para acabar com o domínio britânico na Índia. Motivada com a colossal conquista de Gandhi – incluindo os seus momentos de ações satyagraha – e a pureza de seu estilo de vida isolado, a Montblanc criou um design que revela poeticamente a missão sagrada de Gandhi pela libertação e igualdade.


Edição Limitada Mahatma Gandhi 241


A história da “virada” na luta de Mahatma Ghandi para obter a independência da Índia começa na pena da Edição Limitada Mahatma Gandhi 241. A pena de ouro 18 quilates, banhada em ródio, exibe uma representação complexa gravada a mão sobre Gandhi segurando um pau de bambu, relembrando a infame Marcha do Sal. Tudo começou em julho de 1930. Gandhi acreditava que a luta política na Índia estava intimamente ligada aos “problemas econômicos, sociais e comunitários”. Seus 24 dias de “Salt Satyagraha” temporariamente suspenderam o monopólio britânico de uma das commodities mais valiosas – o sal. A Marcha do Sal fez de Gandhi um “nome global” e conduziu a Grã-Bretanha para representar o Governo da Índia em 1934.

A distância de 241 milhas que Mahatma Gandhi e seus seguidores percorreram a pé durante a Marcha do Sal inspirou o número de reproduções desta notável caneta-tinteiro de ouro branco maciço. Para quebrar o monopólio britânico de produção de roupas, Gandhi solicitou aos indianos que boicotassem a produção estrangeira de têxteis e vestissem roupas simples, feitas em casa. Assim, ao mesmo tempo em que o corpo e a tampa de ouro branco são finamente texturizadas e polidas – e coroadas com a estrela da Montblanc em madrepérola - a opulência da “rainha dos têxteis” é evocada. Os fios de ouro entrelaçados que ornamentam o centro do instrumento de escrita simbolizam o carretel de algodão.

Durante as peregrinações de Gandhi na Índia, iniciada em 1920, os membros do seu Corpo Nacional de Voluntários ensinaram os aldeões como fiar e tecer algodão cru em khadi, com o intuito de promover a autossuficiência na região. Khadi, portanto, tornou-se símbolo da independência da Índia e, enquanto Gandhi fiava algodão todos os dias por meia hora, sem levar em consideração o seu entorno, ele também vestia khadi, mesmo quando se encontrava com King George e Queen Mary no Palácio de Buckingham. Por essa razão, uma roda de fiar se tornou o principal símbolo da Bandeira Nacional da Índia. A bandeira da Índia também está representada na brilhante pedra preciosa amarela alaranjada que enfeita a Edição Limitada Mahatma Gandhi 241 unidades.


Edição Memorial Mahatma Gandhi 3000

Criada nas versões caneta-tinteiro e rollerball, a Edição Memorial Mahatma Gandhi 3000 incorpora os elementos da Edição Limitada Mahatma Gandhi 241. A pena de ouro 18 quilates banhada em ródio exibe uma representação complexa gravada a mão sobre como Gandhi energeticamente começou a Marcha do Sal em julho de 1930. A cor creme laca desta delicada caneta foi esculpida simbolizando khadi, tecido de algodão que Gandhi transformou em um símbolo da libertação indiana. Enquanto a prata de lei 925 envolve a tampa – a qual é coroada pela estrela Montblanc – o corpo da caneta relembra os fios de algodão envoltos no carretel. Uma gota de granada foi fixada sobre o clipe, representando a coragem de Gandhi e a vontade de fazer sacrifícios.


A Edição Limitada de 3000 unidades – em que tanto a caneta-tinteiro como a rollerball foram fabricadas – significam as multidões indianas que foram devotadas ao Embaixador da não-violência, Mahatma Gandhi.



Veja o vídeo:

video

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

HERMÈS MAN ON MADISON



Nessa terça-feira (09), celebridades se reuniram para a abertura da primeira loja masculina da Hermès na cidade de New York.

O espaço, com cerca de 3 mil metros quadrados, foi batizada de “Hermès Man on Madison” - 690 Madison Avenue, onde serão vendidas roupas masculinas prêt-à porter e acessórios da marca, como gravatas, cintos, relógios, perfumes e camisas.

Detalhe: Fica exatamente em frente a loja feminina da grife.

Vale a pena dar uma passadinha por lá.

Hermès for Man
Madison Ave /62nd Street
Tel. +1 (212) 308-3585


*Veja algumas imagens da inauguração:
video

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

SETOR DO LUXO DEVE SE RECUPERAR EM 2010


Apesar de ainda sofrer os efeitos da crise, o setor do luxo já vê sinais de recuperação.

Claudia D’Arpizio, sócia da consultoria Bain & Company, prevê um crescimento de 1% no mercado de luxo em 2010. Segundo as previsões, a receita alcançará 155 bilhões de euros, ou US$ 231,1 bilhões no câmbio atual. A Bain & Co havia previsto uma queda de 8% no mercado de bens de luxo em 2009. “Veremos os primeiros sinais de recuperação nos pedidos das coleções de outono/ inverno de 2010”, disse Claudia.


Em 2010, as vendas na América do Sul crescerão 5%. Na Europa, na Ásia e no Oriente médio o crescimento será de 1,5%, 12% e 5%, respectivamente. Por outro lado, as vendas poderão cair 4% no Japão e ficarem estáveis nos EUA.


O Deutsche Bank prevê que o crescimento poderá atingir a casa dos 4%. O otimismo é sustentado pela convergência entre diversos fatores: a força dos mercados emergentes, o resultado dos controles de custos implementados em 2009 e a reposição de estoques no segmento de relógios.


Os mercados emergentes já são responsáveis por 25% da demanda mundial por bens de luxo. Nos próximos três anos, até 90% do crescimento do setor do luxo será gerado por esses mercados.


Armando Branchini, da italiana Altagamma, disse que o segmento de moda poderá declinar 6% no primeiro semestre de 2010, mas vai se recuperar na segunda metade do ano, com crescimento de 8%. Segundo a empresa, as vendas de produtos para a mesa poderão cair 2% no ano. O segmento de jóias e relógios declinará 4% no primeiro semestre, mas deverá se recuperar na segunda metade do ano, totalizando um crescimento de 1,5% ao todo. Os segmentos de acessórios e cosméticos crescerão 4% e 2%, respectivamente.


Claudia D’Arpizio, da Bain, recomendou que as marcas se concentrem em estratégias de longo prazo e considerem o envelhecimento da população em mercados importantes como Japão e Alemanha. Ainda segundo a Bain, a Ásia será o principal mercado consumidor de marcas de luxo dentro de 10 anos. Ao que tudo indica, o crescimento do mercado de luxo na China alcançará os 12% em 2009.


Fonte:
www.gestaodoluxo.com.br

domingo, 7 de fevereiro de 2010

PARAÍSOS DE ALUGUEL


Surgem empresas especializadas na locação de ilhas, um serviço que, graças a atrativos como cenários paradisíacos e privacidade, passa a concorrer com os resorts mais luxuosos

O mundo parou em 1968 para ver Aristoteles Onassis e Jackie Kennedy casando-se em Skorpio, uma ilha particular na costa grega. Em busca de privacidade, os primeiros a seguir os passos de Onassis comprando refúgios no mesmo estilo foram artistas como Marlon Brando e John Wayne, que se escondiam docemente do assédio de fãs e dos paparazzi na Polinésia Francesa e no Panamá. Até pouco tempo atrás, esses pedaços de paraíso estavam restritos a quem pudesse investir pelo menos 10 milhões de dólares na aquisição de uma propriedade do tipo.


Nos últimos anos, porém, o acesso a esses refúgios ficou um pouco mais fácil graças ao surgimento de empresas especializadas em locação de ilhas. A maior companhia do gênero, a americana Private Islands Inc., possuía apenas quatro opções de propriedades para aluguel em 2000. Hoje, seu portfólio possui 210 ofertas.
O aluguel de uma ilha com uma boa infraestrutura custa a partir de 50 000 dólares por semana. Está longe, portanto, de ser uma opção de turismo popular.

Mas o preço faz com que esse mercado de locação tenha potencial para roubar público dos resorts mais luxuosos. "Não há quem não se encante com a possibilidade de ficar num lugar lindo e reservado", diz Fernanda Gouveia, diretora de lazer da agência de turismo PrimeTour, uma das empresas brasileiras especializadas na locação de ilhas.


Existem opções para alugar espalhadas pelos cinco continentes, mas os arquipélagos do Caribe, Bahamas, Fiji e Ilhas Seychelles concentram a maior parte das ofertas: são 50 opções nessas quatro regiões, quase 25% de todo o mercado. "São países formados por dezenas de ilhas e que têm economias muito dependentes do turismo. E são tropicais, uma grande vantagem sobre as regiões mais frias", diz Chris Krolow, fundador e presidente da Private Islands Inc.
Uma das estrelas de Seychelles é a Cousine Island, um paraíso ecológico de apenas 0,25 quilômetro quadrado, que abriga um santuário de aves e tartarugas.

Em Fiji, a atração mais procurada é a Ilha da Tartaruga, que serviu de cenário para o filme A Lagoa Azul, sucesso das telas no início dos anos 80 que popularizou a atriz Brooke Shields.
Hospedar-se numa propriedade dessas não exige espírito de Robinson Crusoé. Todas elas possuem infraestrutura de primeira linha e serviços só encontrados nos melhores hotéis do mundo. A Ilha da Tartaruga, por exemplo, abriga um resort de alto luxo exclusivo com capacidade para 14 casais.

O custo da locação por uma semana é de 300 000 dólares (ou "apenas" 22 000 dólares por casal).
Muitos pares sonham em casar-se em um cenário desse tipo. Por isso, o resort organiza cerimônias Kava (tradicional ritual fijiano) na beira do mar, com direito a coral e a uma festa para os convidados. Uma opção mais em conta é a Petit Saint Vincent, no coração do Caribe, com aluguel cotado a 56 000 dólares por semana. Além da hospedagem em quatro pequenas casas, o preço inclui serviços como aulas de ioga e infraestrutura para a prática de esportes como pesca submarina e canoagem.

O litoral brasileiro tem mais de 1 000 ilhas, mas poucas delas estão disponíveis para locação - três na baía de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, e uma em Santa Catarina. São propriedades pequenas, frequentadas por seus donos, que as colocam no mercado em determinadas épocas do ano para abater os altos custos de manutenção de seus reinos cercados de água. "Pela dificuldade de acesso, qualquer troca de fechadura fica caríssima. Para não falar dos impostos.


Em média, são necessários 40 dias de aluguel para cobrir as despesas do ano com a propriedade", diz Martin Frankenberg, sócio da empresa Matueté, de São Paulo, uma das agências brasileiras que atuam nesse mercado. O aluguel da ilha Classe A, em Angra dos Reis, custa 30 000 dólares por semana. Além de turistas, essas propriedades são hoje muito procuradas para festas e eventos corporativos. "As empresas nos procuram muito entre novembro e março", diz Luciene Gomes, diretora da agência de turismo TMB Tours, outra empresa brasileira dedicada a esse novo mercado.


ILHA DA TARTARUGA - Fiji

PREÇO(1): 300 000 dólares

Cenário do filme A Lagoa Azul, a ilha tem um resort de luxo com capacidade para 14 casais


PETIT ST. VINCENT - Caribe
PREÇO(1): 56 000 dólares

Possui um resort que oferece serviços como massagem, aulas de ioga e um veleiro para excursões às ilhas vizinhas


COUSINE ISLAND - Ilhas Seychelles

PREÇO(1): 71 000 dólares

Trata-se de um santuário ecológico de aves e tartarugas com quatro pequenas casas e iate à disposição


*(1) Por semana


Fonte:
Revista Exame - edição 961

www.exame.com.br

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

GIACOMETTI BATE RECORDE EM LEILÃO


A escultura em bronze "O homem que anda I", de Alberto Giacometti, desafiou hoje a crise financeira, batendo o recorde mundial para uma obra de arte vendida em leilão, ao ser adjudicada por 74,4 milhões de euros, anunciou a Sotheby´s.

"Trata-se da obra de arte vendida num ato público pelo preço mais elevado", afirmou um porta-voz da leiloeira.


O recorde anterior pertencia a um quadro de Pablo Picasso, "Rapaz com cachimbo", obra transacionada por 104,2 milhões de dólares (74 milhões de euros) pela Sotheby's em Nova Iorque.


"Depois de oito minutos de uma batalha de licitações rápida e furiosa entre, pelo menos, dez potenciais compradores", a peça foi vendida "a um investidor anónimo por telefone", relatou a casa de leilões.


A escultura emblemática do artista suíço (1901-1966), avaliada entre 12 e 18 milhões de libras (13,7 e 20,6 milhões de euros), foi vendida por um preço mais do que três vezes superior à estimativa mais elevada.


Há mais de 20 anos que nenhuma obra desta série era posta no mercado. A obra, lançada pelo artista em 1961, fazia parte da coleção do banco alemão Dresdner Bank, tendo passado também pelas mãos do Commerzbank, depois da aquisição da sua concorrente em 2009.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

DOM PÉRIGNON POWER TRIO


Uma coleção em edição limitada e completa em uma sublime caixa de madeira negra, contendo Dom Pérignon safra 2000, Don Pérignon Rose safra 1998, e o lançamento Dom Pérignon Oenothèque 1995.

Com isso a Maison Dom Pérignon revela sua gama de champagnes através de uma coleção incrível e sofisticada aos amantes mais aficionados que querem descobrir as múltiplas facetas do mais emblemático champagne do mundo.


www.moet.com

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

CONHEÇA O TREM MAIS LUXUOSO DO MUNDO


Considerado um dos mais luxuosos comboios do mundo, o Rovos Rail viaja através da África do Sul ligando a Cidade do Cabo a Pretória, ou fazendo o sentido inverso, combinando a dramática e deslumbrante paisagem africana com o conforto de um hotel de cinco estrelas em movimento, enquanto ao longo dos carris a velha máquina a vapor vai puxando as 36 suites de luxo, um vagão restaurante onde são servidas requintadas refeições e a "carruagem-observação", o mais desejado posto de observação para uma África que a cada curva da "estrada de ferro" teima em nos surpreender.

É o glamour, as suites e os cenários românticos sobre carris que encantam os viajantes a bordo do Rovos Rail no seu caminho pelas mais famosas atracções sul-africanas, principalmente se a intenção para estes é viajar luxuosamente atendidos e acomodados enquanto percorrem algumas das mais selvagens paisagens africanas.
É também a elegância no atendimento, a decoração clássica e a atmosfera romântica de outros tempos que explicam porque este comboio cada ano que passa consolida a sua reputação como uma das mais agradáveis e excepcionais formas de percorrer essas mesmas paisagens.

Atravessando sobre carris o sudoeste da África do Sul, da Cidade do Cabo, a cidade mais antiga da África do Sul, possuidora de uma arquitectura colorida, belas praias e que faz parte do roteiro jovem e aventureiro, até a capital sul-africana, Pretoria, os turistas podem apreciar o Cape Fortess, uma das construções mais antigas do país e que abriga hoje um museu militar e o Cabo da Boa
Esperança, percorrer a Rota Jardim com seus imensos lagos e baías para a prática de desportos aquáticos, as enormes quedas do Parque Nacional de Karoo, localizado na região semi-árida da África do Sul e berço de lugares arqueológicos e cavernas esculpidas de calcário.

Um cenário que fica um pouco mais completo quando o Rovos Rail chega à cidade mineira de Kimberley para uma visita a Big Hole e ao Museu do Diamante, seguindo depois em direcção à aldeia histórica de Matjiestfontein e de Modder River, para finalmente parar na estação privada de Capital Park, em Pretoria.


Um percurso de 1600km que demora três dias a ser percorrido, realizando paragens estratégicas para permitir a passagem de animais e outros comboios que surgem durante o trajecto, enquanto no seu interior os 72 passageiros desfrutam com comodidade todas as infra-estruturas dos vagões do Rovos, construídos nas primeiras décadas do século XX e que passaram por cuidadosas restaurações para começar a operar, tendo como o mais
interessante e procurado o chamado "carro de observação".

Um vagão datado de 1936 e estrategicamente localizado no final da composição, o local ideal para "ver e ser visto", com as suas janelas imensas que permitem aos passageiros, sentados em confortáveis sofás, ver o continente negro passar ou exercitar a arte da conversa, e um balcão aberto para aqueles que não querem perder nem um momento das belezas da savana e do litoral africano.


Mas também uma infra-estrutura composta por 36 quartos espaçosos e suites reais que possuem um lounge próprio e um toillete completo que inclui casa de banho em estilo vitoriano e um duche aromatizada, sem esquecer pequenos detalhes que preservam e fazem reviver a atmosfera de séculos passados com o máximo de glamour.


Uma atmosfera que se prolonga num outro vagão bastante frequentado, o vagão-restaurante, construído em 1924, com capacidade para 42 pessoas e onde acontece a gastronomia de primeira qualidade, os jantares de gala que oferecem pratos sofisticados como peito de pato ao molho de laranja ou ravióli com trufas defumadas servidas na mais fina porcelana chinesa acompanhadas com os mais finos vinhos fabricados no país que o Rovos percorre.


http://www.rovos.com

video