Bloqueio botao direito mouse

quarta-feira, 4 de junho de 2008

CANALI - ALFAIATARIA DE LUXO


Com alfaiataria de luxo, a grife italiana Canali conquista os homens mais elegantes do mundo

Pense em um homem elegante. Ele se assemelha a George Clooney no filme “Conduta de Risco”, ou a Nicolas Cage em “O Homem do Tempo”, ou a Antonio Banderas em “Vem Dançar” ou ainda a Gene Hackman no filme “O Júri”? Então certamente ele veste a grife italiana Canali. Especializada em alfaiataria, com detalhes elaborados a mão, a marca tem também uma linha Sportswear e outra de acessórios e virou a “queridinha” dos homens mais elegantes do mundo.

Entenda: “Assim que vi o personagem de Clooney, desejei um terno muito rigoroso e tradicional, mas que fosse ao mesmo tempo elegante e moderno. Canali me pareceu uma escolha natural, por ser clássica, sofisticada, bem feita e com um caimento perfeito para George”, comenta Sarah Edwards, figurinista do filme “Conduta de Risco”, em depoimento ao site da Canali. Numa pesquisa realizada pelo Instituto de Luxo de Nova Iorque, a marca bateu concorrentes de peso como Ermenegildo Zegna, Brioni e Armani. Quando questionados sobre qual marca italiana recomendariam, 75% dos executivos de alto escalão entrevistados responderam Canali.

O peso dessa resposta é intensificada se pensarmos que a publicidade desta última não tem a mesma propagação das três anteriores. Tradição à moda italiana Realmente não é para qualquer marca. E a Canali sabe bem o que representa: a alfaiataria, o bom gosto e a tradição italiana de fazer roupas.

Cada peça é desenhada e produzida exclusivamente na Itália, com critérios rigorosos de alfaiataria: o interior dos ternos, paletós e casacos não são colados, mas costurados, como faziam os alfaiates de antigamente. A matéria-prima (sempre à base de fibras naturais) é submetida a um rigoroso controle de qualidade; as modelagens são feitas de forma artesanal e a equipe responsável por esse trabalho é treinada por um longo período antes de colocar as mãos “na massa”.

O processo produtivo envolve tecnologias de última geração e o design procura ser moderno sem destoar dessa clássica arte de fazer ternos. Tudo é destacado no slogan do site: “Matérias-primas selecionadas, criatividade moderna, know-how global, controles rigorosos e contínuos: esta é a qualidade Canali”. O feitio do terno é entretelado, o que confere elasticidade, volume e forma à peça. “

O trabalho de alfaiataria é reconhecido nos detalhes: o preparo do punho, a cintura das calças feita com tela de algodão, o forro feito à mão e a ombreira embutida, elaborada em puro algodão e crina de cavalo, que é inserida antes de anexar a manga para permitir eventuais ajustes posteriores”, explica a assessoria de imprensa da grife. Passado, presente e futuro da marca A grife nasceu em 1934 de um laboratório artesanal de alfaiataria dos irmãos Giovanni e Giacomo Canali, este último até hoje presidente da empresa. Mais tarde, a Canali se especializou na confecção de blazeres, paletós e jaquetas masculinos de alta qualidade.

Na metade da década de 70, voltou-se para a exportação, chegando a um volume de 50% de sua produção em 1980. A gama de produtos foi ampliada logo em seguida, com a introdução das linhas Canali Proposta e Canali Exclusive, além das já citadas linhas esportiva e de acessórios.Atualmente, a empresa familiar chegou a sua terceira geração e compreende sete centros produtivos, todos próximos a Milão para garantir peças 100% made in Italy. Hoje em dia, são mais de 80 os países que podem comprar a marca Canali seja através de seus 50 corners e outras tantas butiques monomarcas. São mais de mil clientes no mundo.


Os próximos passos? De acordo com a revista de moda masculina DNR, de janeiro de 2008, “depois de estender sua gama de produtos, a Canali vem operando uma transformação em sua identidade e está prestes a deixar de ser uma grife de manufatura estrelada para se tornar uma marca de estilo de vida”. Segundo especulações desta mesma revista, as vendas da marca italiana teriam aumentado em cerca de 13% entre 2006 e 2007, sendo que 10% deste valor foi resultado do sucesso da linha “Exclusive”, a mais luxuosa.

Em entrevista coletiva, o presidente da grife, Giorgio Canali, disse que nesse ano pretende inaugurar mais algumas lojas próprias no mundo, pois estas são as melhores vitrines da imagem da marca e representam a única possibilidade de mostrar as coleções de forma completa. No Brasil, por enquanto, nem sinal, mas quem quiser conhecer melhor os produtos Canali, pode visitar o site: www.canali.com.


Alguns números... - Por dia, a Canali produz 1400 ternos e 1600 calças, todas rigorosamente de alfaiataria.
- Os países servidos são mais de 80.
- A exportação representa mais de 75% do faturamento.
- São mais de mil clientes no mundo todo e mais de 50 corners.
- Já os show-rooms se espalham também por Canadá, Grã-Bretanha, Espanha, Suíça, EUA, Rússia, Austrália e Nova Zelândia.

Pode-se encontrar produtos Canali também na Suécia, nos Emirados Árabes Unidos, no México, na Índia, na Coréia, no Egito, no Marrocos, na Arábia Saudita, na Tailândia, na Turquia, no Azerbaijão, na Indonésia, na Jordânia, em Bahrein, na Romênia e na Ucrânia. Ufa!

2 comentários:

Carla disse...

Parabéns pelo blog,tem beleza e conteúdo!!!
Bjs
Carla Bolla

Green Fairy disse...

Luís

Que esse blog seja mais uma amostra do seu sucesso, que é evidente!!!! E uma porta aberta para mais aprendizados.
Quem bom poder desfrutar dos seus trabalhos.... Parabénnnnnns
Adorei...
Beijos

Brisa do Mar