Bloqueio botao direito mouse

quinta-feira, 13 de maio de 2010

O QUE AS MARCAS DE LUXO DEVERIAM APRENDER COM STEVE JOBS DA APPLE


Steve Jobs além de ser um dos poucos e verdadeiros inovadores na escala mundial, é também um visionário e um comerciante nato. Cada produto que ele criou revolucionou a forma como os consumidores os percebem.

Todos os produtos Apple são elegantes, fáceis de usar e altamente portáteis. Por exemplo, o recém-lançado IPAD não deixa espaço para qualquer tablet PC, independentemente do seu fabricante e modelo. É um computador pessoal com instalações multimídia que os clientes podem levar com eles a toda parte.

Dezenas de marcas de luxo internacionais já tem aplicativos no iPod e iPhone , alguns para compras, outras apenas para publicidade, mas nenhuma das marcas de luxo entenderam até agora o real poder dos iPhones.

O segredo por trás da filosofia Steve Jobs é criar novos produtos que não são necessariamente uma necessidade, mas essa necessidade pode ser educada e nutrida.

Esta é a forma como cada produto da Apple chega ao mercado, sem responder a uma necessidade específica, e não criou ondas de tendências e até mesmo inspirou outras empresas a inovar.


Esta é também a mesma estratégia que as marcas de luxo tem em comum com a Apple, a maioria dos produtos está sendo criada como uma inovação.

Então, é tudo uma questão de marketing e comunicação, para criar o desejo de luxo dos produtos da marca. A principal diferença entre as marcas de luxo e Apple é que eles já não podem se dar ao luxo de comprometer a qualidade e usabilidade, o que não é o caso da Apple.

Por exemplo, o IPAD não está sendo satisfatório com o Flash, que é o programa mais utilizado para visualizar arquivos de mídia. Além disso, o IPAD usa como único navegador de Internet o Safari . No entanto, todas estas questões funcionais, são compensadas pela portabilidade e características de design.

Isso quer dizer que as marcas de luxo ainda podem criar produtos que não precisam ou que nunca se imaginou serem necessários?

A resposta é SIM. No entanto, isso só pode ser alcançado através de uma combinação perfeita entre qualidade e inovação.
Ao contrário, no caso dos produtos da Apple, a inovação não é suficiente no luxo. Oliver Petcu

Conclusão:
"Steve Jobs é um "guru e alquimista" do mercado mundial, pois cria e gera nas pessoas uma expectativa diante dos seus produtos e lançamentos, fazendo com que todos os consumidores se sintam atraidos em adquiri-los." - Luís Henrique Sampaio

Fonte : http://www.cpp-luxury.com/en/what-luxury-brands-should-learn-form-steve-jobs-of-apple_673.html

4 comentários:

FOCUN disse...

Meu caro consultor, parabéns pela matéria e principalmente pela conclusão.
Perfeita a sua colocação!
Abraço

Luciana disse...

Sou apaixonada pelos produtos da Apple, eles me fascinam.
Sua conclusão realmente fechou com chave de ouro. Vc é nota 1000

Danielle disse...

Henrique! E sem dúvidas ela esta sempre um passo à frente com respeito à inovação e tecnolia, além de design bacana e arrojado!!!
Parabéns pela matéria!

pedro oswaldo disse...

São os "Applemaníacos" que enfrentam filas enormes em cada lançamento divulgado por Steve Jobs.
Você concluiu bem: "ele é um guru e alquimista do mercado mundial."