Bloqueio botao direito mouse

quarta-feira, 19 de maio de 2010

VENDA DO COMÉRCIO DE LUXO NO BRASIL CRESCEU 30% NESTE 1º TRIMESTRE


A crise financeira fez o Brasil entrar definitivamente na rota das grifes de luxo.

No primeiro trimestre deste ano, o crescimento das vendas foi de 30%, quase o dobro do registrado em 2007, quando o setor teve uma expansão recorde de 17%.

Em 2009, ano da crise, esse índice foi de 10% e a projeção de receita para 2010 é de R$ 8,5 bilhões.

No momento, 13 empresas internacionais do ramo estariam negociando a vinda para o Brasil, mas mostraram insatisfação com a alta carga tributária.

O mercado de luxo é impulsionado, principalmente, pela venda de produtos de grife, além do oferecimento de serviços de alto padrão (centros de relaxamento, spas,
restaurantes, hotéis cinco estrelas).

Conclusão:
"Com a estabilidade da economia, o Brasil se torna um mercado emergente de grande potencial.
O ponto negativo disso tudo é realmente a carga tributária, que deve ser revista e elaborada uma reforma frente a um cenário de desenvolvimento econômico otimista, fazendo com que o país cresça com rapidez." - Luís Henrique Sampaio

6 comentários:

FOCUN disse...

Bons ventos tragam novos empregos e recursos para o Brasil, abrindo cada vez mais as portas para o 1º mundo.

Luiz Seabra disse...

Luis, vc leu na Folha a fila de espera para carros de luxo. Sucesso nessa empreitada, amigo.

pedro oswaldo disse...

Realmente precisamos de uma reforma tributária, ser empresário no Brasil é muito difícil. Parabéns pela conclusão.

Mayara disse...

Vamos vender muitos imóveis, conto com vc!

Cássia Perri disse...

Sucesso, amigo...bj

Renatta Ferreira disse...

Olá meu amigo!!!

Espero que continue crescendo, pois quero figurar neste cenário!!!

Bjks e continue sendo esse sucesso!!!!