Bloqueio botao direito mouse

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

XII FESTIVAL DEL HABANO


A julgar pelos progressos oficiais, o XII Festival do Habano terá todo o glamur e o impacto de novos produtos necessários para considerar hoje esta reunião como a líder em charutos Premium.

A principal sensação do encontro que iniciou na segunda-feira, está em uma linha nova da marca de havanos Cohiba, com o nome aborigen de Behike, quando em 2006 este apelativo acompanhou a uns caros e elitistas cigarros, em caixas numeradas e vendidas por única ocasião nesse ano a altos preços.

No entanto, desde o princípio, esta reunião está vinculada à cultura mundial e nesta edição, de 22 a 26 de fevereiro no Palácio das Convenções de Havana e em outros centros de destaque da cidade, a presença de músicos renomeados outorga o toque de distinção.

A festa, segundo dados preliminares da corporação internacional Habanos S.A., traz ao encontro cerca de mil amantes dos charutos vindos de 70 nações que terão a oportunidade de provar novidades como o Behike, quando além de Cohiba a outra marca de homenagem é Romeo e Julieta.

O Bahike e sua confecção constitui um segredo muito bem guardado e será o rei para o jantar de gala e encerramento onde também se entregarão o Prêmio Habano do Ano, destinados aos promotores deste produto no mundo, do ponto de vista de Comunicações, Negócios e Produção.

Como novidade de Romeo e Julieta, os participantes terão o Wide Churchills, de cepo ou diâmetro grosso que permite o fumar em todo momento, um reclamo muito solicitado no mundo dos fumantes.

E a abertura no Grande Teatro de Havana, onde tem sua sede o Ballet Nacional de Cuba, terá como complemento ideal um concerto do pianista Chucho Valdés, que já obteve em várias ocasiões um prêmio Granmy.

Seus convidados a este momento cultural são de bom realce, como a cantora de ópera Sarah Brightman, o campeão do Circuito Europeu de Golf e da Ryder Cup, há pouco ganhador do Open de Dubai 2010, Miguel Ángel Jiménez, e o produtor ganhador do Oscar Stephen Evans.

Completam a lista, a atriz Mia Maestro, além do também premiado com o Grammy latino deste ano, o brasileiro Ivan Lins.

Outra das novidades em destaque é o Maridaje de Habanos e Tequila, uma degustação que espera talvez de ambos os produtos, e que já teve seus antecedentes em contatos entre o fumo cubano e o Armañac.

Entre o programa paralelo, estará a projeção do filme britânico Cosi, produzido pelo ganhador do Oscar Stephen Evans, previsto também para estar presente ao Festival, filme este dirigido por Christopher Menaul, e protagonizada por Brightman e os atores Richard E. Grant e Mia Maestro.

Os organizadores recordaram que neste momento comercializam uma caixa de 27 marcas de habanos, com destaque de Cohiba, Montecristo, Romeo e Julieta, Partagás, Buraco de Monterrey, H. Upmann, Punch, San Cristóbal de Havana, e Trinidad, entre outras.

O habano é considerado pelos experientes como o melhor charuto Premium, feito a mão, do mundo pelo triplo favor do clima, solo e experiência dos produtores.

www.festivaldelhabano.com

Um comentário:

Fabiane disse...

Luís

Temos que marcar de comer um chocolate da Bulgari, fumar um charuto Cohiba e ainda beber uma bela champagne...rs.

Que Luxoo hein!
Bjs