Bloqueio botao direito mouse

sábado, 18 de setembro de 2010

A ILHA DE ONASSIS AGORA É DE ARMANI


Scorpios é uma pequena ilha, de menos de um quilômetro quadrado, incrustada no Mar Mediterrâneo e próxima a um dos endereços mais famosos da mitologia grega, Ítaca, lar de Ulisses, herói da Odisseia. De verões secos e invernos chuvosos, foi dotada de aconchegantes enseadas e de uma vegetação exuberante, com loureiros, oliveiras, cedros e ciprestes.


Nos anos 60, o bilionário armador grego Aristóteles Onassis (1906-1975) cria a fama de Scorpios, comprada em 1963 por cerca de US$ 10 mil (à época) para seu bel-prazer.

Refúgio de seu romance furtivo com a renomada cantora americana de ópera Maria Callas (1923-1977) – os dois tiveram um caso amoroso que teria durado de 1959, quando Onassis ainda estava casado com a primeira mulher, Tina.

Foi o cenário perfeito para pedir em casamento a dama americana mais cultuada de todos os tempos, Jacqueline, a eterna viúva do presidente John Fitzgerald Kennedy (1917-1963). Os dois se casaram na ilha em 20 de outubro de 1968.


Em 2004, Athina Onassis, única neta e herdeira do armador, atual mulher do cavaleiro brasileiro Doda e considerada a jovem mais rica do mundo - fortuna é estimada em cerca de US$ 4 bilhões, colocou a ilha à venda.


Finalmente, no início de setembro, após anos, Athina vendeu Scorpios ao estilista Giorgio Armani – que curiosamente não fez seu vestido de casamento (ela se casou de Valentino). O estilista italiano arrematou a ilha por US$ 190 milhões e agora, dá início à nova fase glamourosa de Scorpios, que, por anos, sumiu do mapa social.

Estavam no páreo para adquirir a famosa ilha grega pesos-pesados como o bilionário samaritano e fundador da Microsoft Bill Gates, o polêmico bilionário russo Roman Abramovich, a milionária marqueteira Madonna e o cultuado estilista, que acabou levando a melhor na batida do martelo da neta de Onassis.

De acordo com a mídia grega, a capela da Virgem Maria não fez parte da venda. Nela estão enterrados Aristóteles e seus dois filhos – Alexander, que morreu num acidente de avião em 1973, e Christina, mãe de Athina, que se suicidou em 1988.

Com a venda do mais importante patrimônio grego de sua herança, Athina – que nasceu na França, foi criada na Suíça e vive entre a Bélgica e o Brasil – fica mais longe das raízes da família de sua mãe e do povo que os acolheu.

Na Grécia, os Onassis são considerados parte da realeza. Armani, por sua vez, não confirma a aquisição – mas também não a nega. Sinal de que, talvez, planeje desfrutar do paraíso longe dos paparazzi.


Fonte: ISTOÉ Dinheiro
Edição 676

3 comentários:

Cláudio Henrique disse...

Guerra de Titãs para adquirir essa ilha dos prazeres...rsrs
Venceu o melhor!

armani disse...

...Il Grande Imperatore Armani...

Sandra Canzi Biondi Biondi disse...

Amigo... a Grecia é lindissima né,conheci só Mikonos e Santorini...Escorpios passei só perto,e demais ...pena que este ano não deu pra ir lá..fiquei só na Italia mesmo..parabéns pela sempre elegancia das postagens..bjs